Interrogatório do réu e inversão da ordem no art. 400 do CPP

O interrogatório do réu é o último ato da instrução criminal. A inversão da ordem prevista no art. 400 do CPP se aplica apenas à oitiva das testemunhas, não ao interrogatório. A nulidade está sujeita à preclusão e à demonstração de prejuízo para o réu. A expedição da carta precatória não suspende a instrução criminal. A defesa deve influenciar a decisão judicial, o que só é possível quando sua resposta se baseia no conhecimento pleno das provas produzidas pela acusação.

Processo: REsp 1.933.759-PR


Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.

Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.

Você se inscreveu com sucesso no info.LexGPT.

Sucesso! Verifique seu email para obter o link mágico de login.

Sucesso! Suas informações de cobrança foram atualizadas.

Sua cobrança não foi atualizada.